Exportações agro alimentares europeias cresceram 10% em 2019

Exportações agro alimentares europeias cresceram 10% em 2019

2019 foi um ano recorde para o comércio agroalimentar da União Europeia, cujo valor de exportação ascendeu a 151.200 milhões de euros, mais 10% que no ano anterior.

As importações representaram 119.300 milhões de euros, mais 2,5% que em 2018. Globalmente, o comércio agroalimentar da União Europeia atingiu os 270.500 milhões de euros.

Os dados da Comissão Europeia indicam que o superavit comercial cresceu em 10.900 milhões de euros, num aumento de 52% para atingir o máximo histórico de 31.900 milhões de euros.

Os principais destinos foram os Estados Unidos da América, que recebeu exportações agroalimentares no valor de 24.300 milhões de euros; a China, com 15.300 milhões de euros, a Suíça, com 8.500 milhões de euros; o Japão, com 7.600 milhões de euros, e a Rússia, com 7.200 milhões de euros. Conjuntamente, estes cinco países receberam mais de 40% das exportações agroalimentares da União Europeia.

Quanto às importações, 35% teve origem em cinco países, nomeadamente os Estados Unidos da América, com 11.800 milhões de euros; o Brasil, com 11.600 milhões de euros; a Ucrânia, com 7.400 milhões de euros; a China, com 6.100 milhões de euros; e a Argentina, com cinco mil milhões de euros.

Em 2019, aumentaram os valores de exportação de vários produtos, especialmente da carne de porco (cresceram em 2.360 milhões de euros).