Açores cancelam eventos relacionados com a agricultura

O Governo dos Açores decidiu cancelar todos os eventos de âmbito agrícola no arquipélago, entre os quais a realização da Feira Agrícola dos Açores, prevista para junho, devido à pandemia da Covid-19. Numa nota enviada às redações, o Governo Regional adianta que esta decisão, tomada quinta-feira "em articulação" entre o secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, e o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, "abrange eventos que seriam promovidos pelo Governo dos Açores com a colaboração das organizações de produtores e os que seriam da responsabilidade das organizações de produtores com apoio do Governo dos Açores". Em causa estão eventos como a Feira Agrícola dos Açores, agendada para decorrer em São Miguel entre 12 e 14 de junho, mas também feiras agrícolas realizadas nas diferentes ilhas, bem como as comemorações do Dia Nacional da Agricultura, organizadas pela Associação Agrícola de São Miguel. “Face à situação que estamos a viver de pandemia da covid-19, foi entendido que não estavam reunidas condições para levar a cabo este ano eventos de natureza agrícola, que, naturalmente, motivam sempre a…

Continuar lendo Açores cancelam eventos relacionados com a agricultura

Exportações agro alimentares europeias cresceram 10% em 2019

2019 foi um ano recorde para o comércio agroalimentar da União Europeia, cujo valor de exportação ascendeu a 151.200 milhões de euros, mais 10% que no ano anterior. As importações representaram 119.300 milhões de euros, mais 2,5% que em 2018. Globalmente, o comércio agroalimentar da União Europeia atingiu os 270.500 milhões de euros. Os dados da Comissão Europeia indicam que o superavit comercial cresceu em 10.900 milhões de euros, num aumento de 52% para atingir o máximo histórico de 31.900 milhões de euros. Os principais destinos foram os Estados Unidos da América, que recebeu exportações agroalimentares no valor de 24.300 milhões de euros; a China, com 15.300 milhões de euros, a Suíça, com 8.500 milhões de euros; o Japão, com 7.600 milhões de euros, e a Rússia, com 7.200 milhões de euros. Conjuntamente, estes cinco países receberam mais de 40% das exportações agroalimentares da União Europeia. Quanto às importações, 35% teve origem em cinco países, nomeadamente os Estados Unidos da América, com 11.800 milhões de euros; o Brasil, com 11.600 milhões de euros; a Ucrânia, com 7.400 milhões…

Continuar lendo Exportações agro alimentares europeias cresceram 10% em 2019

End of content

No more pages to load